Bisos

Um passeio ao Tejo
e um beijo roubado
por um namorado um tanto audaz
um dia fizeram um pai muito irado
– Não verás minha filha, ó pá, nunca mais!

Um roubo de beijo,
um desejo calado
e um grande navio ancorado no cais
Destino traçado! Rio de Janeiro!
e que os bons ventos embalem os casais

Quem sabe não fosse um pai muito bravo
há mais de um século, lá em Portugal
Manoel e Maria não teriam emigrado
e eu não seria Mariana Amaral.
Anúncios
Esse post foi publicado em Poesias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s